Espaço patrocinado por:

Varinha mágica- Batedeira- Picadora, como escolher?


Varinhas mágicas, indispensáveis em todas as cozinhas

As varinhas mágicas não têm segredos, a montagem e desmontagem dos componentes e peças, a seleção da velocidade, a maneabilidade e a limpeza são operações acessíveis a qualquer utilizador. Mais uma grande vantagem das varinhas: a grande maioria permite a lavagem de todas as peças na máquina da loiça, exceto a zona do motor.


Qual potência e material a escolher?

A varinha mágica tem várias potências. Mas as potências mais elevadas não se traduzem em velocidade. A potência das varinhas mágicas representa a força do motor e a capacidade de triturar alimentos mais rijos. Assim sendo, varinhas mágicas com poucos watts (normalmente partem do valor de 300 watts) são as mais baratas mas também as mais fracas. Em potências inferiores nem vale a pena investir, mesmo que o preço seja apelativo. A potência irá influenciar na sua funcionalidade. Para triturar alimentos cozidos exige-se pouca potência, uma varinha mágica de potência baixa será suficiente; no caso de pretender triturar alimentos crus e mais rijos, o melhor é mesmo escolher uma de potência superior.

A escolha de pé de plástico ou de aço faz muita diferença. O plástico é um produto mais barato, mas tem menor resistência e, por sua vez, menor tempo útil de vida. Para além desta desvantagem, tem tendência a amarelar com o uso progressivo e é também mais difícil de lavar. As varinhas mágicas em inox são mais resistentes e mais duradouras, muito mais fáceis de limpar e não mudam de tonalidade com o uso. O inox não enferruja.

Que acessórios?

As varinhas podem ser simples ou trazer de origem diversos acessórios. Dependendo dos equipamentos com que são vendidas, permitem várias funções: amassar, triturar, bater, misturar e picar. Assim, tanto é possível confecionar a maionese, bater as natas ou claras ou, ainda, picar a cebola indispensável a um bom refogado. Basta mudar ou acoplar as lâminas, o picador ou as varas. Por vezes, as varinhas são vendidas com um copo graduado, um passador e um mecanismo de fixação à parede. Varinhas mágicas com acessórios, diminuem a necessidade de ter outros eletrodomésticos. A picadora tritura alimentos rijos, como carne e frutos secos, e é ideal para triturar alimentos vegetais crus. Para além deste acessório, é frequente possuir também um copo alto com tampa para preservar os alimentos. Alguns modelos possuem também pás de batedeira para poder fazer bolos. Se adquirir uma varinha com este tipo de acessórios, escolha uma com mais potência para evitar o sobreaquecimento.

Picadoras, aliadas na preparação de alimentos

Quando se fala em picadoras, normalmente vem logo à ideia a célebre 1-2-3, produto icónico da Moulinex que veio simplificar e muito as tarefas domésticas, ao permitir picar quase todo o tipo de alimentos, e popularizou esta categoria de produtos.

Autênticos aliadas na cozinha, as picadoras variam normalmente na potência, o que se reflete diretamente na sua performance e capacidade para triturar os alimentos. Muito rápidas e fáceis de usar, funcionam por pressão na tampa, convertendo-se em produtos direcionados para consumidores que valorizam a vantagem de confecionar com facilidade as suas refeições. As picadoras vêm equipadas com sistemas de lâminas em aço inoxidável de elevado rendimento, que picam os alimentos com maior facilidade.

Para potenciar o conforto da sua utilização, as picadoras são normalmente equipadas com sistemas de segurança e de bases antiderrapantes e, para facilitar a limpeza, são desmontáveis, com a maioria das peças, exceto o motor, a poder ser lavada na máquina da loiça.

Acessórios

As picadoras vêm muitas vezes acompanhada de um copo liquidificador para a preparação de batidos. Alguns são dotados de sistema anti-gota, o permite aproveitar até à última gota os alimentos mais frescos.

Robots de cozinha: cozinhe como um chef

Para quem tem pouco tempo, o robot de cozinha é indispensável para qualquer família. Compacto, com um design moderno e prático, o robot de cozinha facilita a vida na cozinha pois permite amassar, bater, laminar, misturar os ingredientes. Pode começar logo pela manhã com um delicioso sumo de fruta, graças à centrifugadora incorporada. Para o almoço, pode fazer uma maionese facilmente com a vara, basta bater o ovo, a mostarda e o óleo e já está! Para o lanche, o robot ajuda numa tarte caseira, pois amassa a massa com uma vara específica e até corta os frutos. Não há nada mais simples! E se gosta de batidos, basta usar o liquidificador, elemento essencial do robot de cozinha; o número de velocidades e o botão Pulse permitem-lhe ajustar a potência do aparelho. Finalmente, para o jantar, faça uma sopa saborosa.

Para passar facilmente de uma receita para outra sem ter de lavar o recipiente do robot, opte por um modelo dotado de um recipiente suplementar. E se o seu robot de cozinha tiver uma base de arrumação para os acessórios será perfeito!

Muitas vezes negligenciado, o recipiente contribui bastante para o sucesso dos seus pratos. Dotado de uma capacidade de um a quatro litros e frequentemente inquebrável, o recipiente do seu robot de cozinha deverá possuir uma capacidade suficiente para preparar as refeições de toda a família. Otimize o seu robot de cozinha adicionando-lhe vários acessórios. Ralador, coador, varinha mágica, batedeira, picadora, amassador, tampa, espremedores de citrinos, existem diversos acessórios para completar o seu robot de cozinha e ajudá-lo a preparar as suas refeições.

Existem igualmente aparelhos para fazer massas. Torne-se um profissional de spaghetti, linguinis, macaronis e lasanhas em casa! No entanto, tenha atenção à compatibilidade com o seu robot e às suas possibilidades de arrumação.